Blog

A política que desagrega antes de agregar

No mundo corporativo, todos falam em ESG, que prega juntar forças para solucionar problemas comuns e construir um mundo melhor. Nos eventos e congressos só se fala em bem comum e em trabalhar em harmonia. Muitos autores andaram recentemente publicando livros enaltecendo o líder humano, o chefe compreensivo, o ambiente de trabalho diverso e inclusivo. A mídia só fala em tolerância e diversidade. Todo mundo parece caminhar no sentido da civilidade e do bom senso. Aí vem a política e destrói tudo...

Transparência e informação para votar

Não sei você, mas eu sempre tenho certa dificuldade em escolher em quem votar como Congressistas: Deputado Federal e Estadual ou Senador. Essa escolha vai além de partidos e ideologias. Envolve pessoas, que serão nossos representantes no Congresso. E isso é muito importante. Se não tivermos representantes éticos no congresso, de nada adianta escolher o executivo. Felizmente, surgiram diversas plataformas que nos ajudam na hora de selecionar @ candidat@ ideal. Antes de mais nada, dá para saber...

Benefícios Comerciais e Financeiros do ESG

Todos sabemos que implantar estratégias ESG é de fundamental importância para todas as organizações. Seja por pressão regulatória, exigência de mercado, demanda de investidores ou por pura necessidade gerencial, quem não as implementar ficará par trás e terá sua reputação comprometida. Não é mais aceitável o foco puro e simples no lucro. Sucessivas pesquisas conduzidas em países desenvolvidos indicam que adotar a filosofia ESG tem impacto positivo nos negócios. Em bom português: mais lucro, ou...

Nosso artigos

Marcas Próprias x Lojas Próprias

Marcas Próprias x Lojas Próprias

A separação entre atividade produtiva e atividade de distribuição foi um dos grandes fatores de aumento de eficiência nas cadeias produtivas. Quem fabrica se foca naquilo em que é melhor, os fundamentos da gestão industrial, e quem distribui se foca na outra parte da cadeia: os fundamentos da distribuição varejista. Embora essa separação nunca tenha sido absoluta, nas últimas décadas tem-se visto cada vez mais...

ler mais
Mão de obra: nossa maior fraqueza

Mão de obra: nossa maior fraqueza

Quarenta anos atrás o país enfrentava a mega-crise da dívida que transformou os anos 80 na famosa década perdida. O desemprego era maciço em todos os níveis. As empresas podiam garimpar talentos a seu bel prazer, pagando salários baixos que eram imediatamente corroídos pela alta inflação. Os dois grandes problemas de qualquer empresa, na época, eram arrumar clientes e administrar o custo inflacionário. Qualificar...

ler mais

Social Targeting

Baseada em matéria publicada originalmente no Portal Consumidor Moderno O Twitter tem mais de 200 milhões de usuários ativos em todo o mundo. O Facebook, quatro vezes mais. A maior parte dos consumidores está sempre com seu celular e, além de compartilhar fotografias no Instagram, indica frequentemente a sua localização via check-in no Foursquare. Desta forma, grande parte da sua informação pessoal publicada está...

ler mais

E as empresas de médio porte?

Os últimos 10 anos criaram muitas oportunidades para as empresas brasileiras. A manufatura, em que pese o crescimento do mercado interno, viu-se às voltas com as importações crescentes de bens de consumo e talvez não tenha se aproveitado muito da bonança. Mas o varejo e o setor de serviços, muito mais imunes à concorrentes externos, prosperaram. Essa prosperidade engordou uma classe de empresas que compõe a base da...

ler mais

A corda bamba e os ventos alísios

O Brasil está com fundamentos econômicos ruins. Isso é notório e a mídia tem apresentado dados e informações que atestam essa situação com regularidade. A dívida interna está em patamares extremamente altos. Isso exige um grande comprometimento de recursos para o pagamento dos juros junto aos tomadores. Comprometendo muito dinheiro no serviço da dívida, sobra menos para investimentos e gastos correntes. Os gastos...

ler mais

O dilema do investimento no Brasil

Semanas atrás, a D.D Consultoria fui procurada por uma grande e tradicional empresa brasileira para tentar auxiliá-la na resolução de um problema que vem afetando toda a indústria. Em 2010 essa empresa decidiu adquirir novos equipamentos para suas bases industriais na presunção de que o mercado continuaria crescendo a taxas razoáveis. Naquele ano, como se lembra, o Brasil cresceu 7,5%. Ninguém apostava que essa...

ler mais

Presumers & Custowners

Acompanhar a evolução do comportamento do consumidor é uma tarefa cada vez mais árdua, que exige metodologias progressivamente mais sofisticadas. Muita gente se dedica seriamente a este tema. As vezes, os institutos chegam a conclusões precipitadas e elas não se confirmam. Outras vezes, repete-se com palavras bonitas aquilo que todo varejista sabe desde sempre. Entretanto, vez por outra surge algo que realmente...

ler mais

O varejo cresceu em janeiro?

Janeiro é um mês tradicionalmente de baixa no varejo. A queda do faturamento em relação a dezembro costuma ser significativa, chegando a 30% na maioria dos setores. Recentemente, uma pesquisa divulgada pela Serasa (Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio) mostrou um crescimento substancial das vendas em janeiro de 2013 comparado a dezembro do ano passado. A alta teria sido puxada pelas vendas de...

ler mais

O Natal e as incertezas das pesquisas

O Brasil é um país de poucas pesquisas e levantamentos estatísticos. E quando feitos, nem sempre há uniformidade metodológica, boa definição de amostra ou clareza naquilo que se quer medir. O objetivo do post desta semana era o de avaliar a expectativa dos varejistas em relação ao natal de 2012. Geralmente nós capturamos informações junto à nossa própria base de contatos e complementamos com dados obtidos em fontes...

ler mais

É difícil migrar de empresa familiar para profissional?

Essa é uma pergunta que eu ouço sempre e ela já começa errada porque uma empresa familiar pode ser profissional. Nada tem a ver o controle do capital com o modelo de gestão. Há uma conexão, evidentemente, mas são coisas independentes. O varejo cresce em ciclos, acompanhando a performance da economia e do mercado como um todo. Nos períodos em que o país vai bem, o varejo se apressa em abrir lojas e ocupar espaços....

ler mais

Porque o varejo de médio porte nunca é ouvido?

Eu trabalho com consultoria em gestão há 32 anos, desde o início da grande crise brasileira de 1981. Ao longo desse tempo muita coisa mudou no mercado e talvez uma das mudanças mais significativas tenha sido o crescimento e a consolidação das redes de porte médio.  É impressionante a quantidade de redes varejistas operando entre 40 e 200 lojas que existem por este país afora. Curiosamente, apenas as poucas redes de...

ler mais

Duane Reade: o futuro das drogarias

Farmácias e drogarias são atividades comerciais reguladas no mundo todo, seja em países com medicina socializada, seja em países com medicina mista (pública e privada). O tipo de regulamentação varia bastante mas normalmente ela é pensada no interesse público. As preocupações primárias são controlar o acesso a determinados tipos de medicamentos (como psicotrópicos ou que possam causar dependência), impedir a venda...

ler mais

Será o Carrefour Planet o futuro do hipermercado?

Crises são ótimas para induzir empresas a inovar e assumir riscos. Em 2009, o Carrefour anunciou a transformação de 500 hipermercados europeus do formato clássico (que ele próprio inventou) para um modelo modernizado e batizado de Planet. A aposta era alta. A um custo de US$ 7 milhões por unidade, a direção do Carrefour esperava que as vendas aumentassem 18% em 5 anos. Por razões que não são foco deste artigo, o...

ler mais

Crescer via franquia: nem sempre vale a pena

A mídia publica incessantemente matérias sobre franquias e franqueados. Quase sempre, o enfoque é no franqueado. Em outras palavras, a mídia de negócios procura ajudar o potencial investidor a escolher uma franquia. O que nos interessa neste blog é o outro lado da moeda: é interessante franquear o negócio? Eu tive essa experiência no passado recente e posso garantir que há riscos elevados com franquia. E outra,...

ler mais

10 tendências de consumo de longo prazo no Brasil

A economia brasileira enfrenta o fim de um ciclo de crescimento baseado em crédito abundante, exportações crescentes e políticas assistencialistas. Infelizmente, o país não aproveitou sua década de prosperidade para investir no que certamente garantiria nossa prosperidade a longo prazo: educação, infra-estrutura e tecnologia. Agora, com o encerramento deste ciclo, a maior parte dos empresários se pergunta o que irá...

ler mais

Loja em shopping: a dificil decisão

Quando, alguns anos atrás, eu comentei com amigos que estava para abrir lojas em 3 shoppings de primeira linha daqui de São Paulo, fui fortemente desaconselhado. O primeiro, dono de uma franqueadora com mais de 160 cafés, me mostrou seus números e disse que operar em shopping simplesmente mata a rentabilidade de negócios com baixa margem. Daí a razão pela qual pouquíssimas das suas 160 franquias estavam em algum...

ler mais

Dylan´s Candy Bar – a mais famosa loja de doces de NY

Durante algum tempo na minha vida eu deixei de lado o escritório de consultoria e assumi o comando da empresa de doces artesanais da minha família, que operava na ocasião uma pequena rede de confeitarias próprias. Essa experiência me ensinou muitas coisas mas duas lições foram as mais importantes. A primeira é que a teoria é bem mais simples do que a prática. A outra lição é que doce vende menos por qualidade e...

ler mais

E-commerce: problema ou solução?

A D.D Consultoria tem estado envolvida com internet desde 1997 e com comércio eletrônico, em especial, desde 1999. Neste longo período muita coisa aconteceu mas há algo que permanece imutável desde o início: a enorme concentração das vendas nas mãos de poucos varejistas virtuais. Ou seja, apesar de tudo o que se lê na mídia e se vê nos eventos, o e-commerce ainda parece ser um negócio de grandes empresas. No...

ler mais

Cores: o bonito nem sempre é o certo

O impacto emocional provocado pelas cores é algo que todos nós percebemos de forma intuitiva. Um carro vermelho nos dá ideia de potência. Já uma roupa branca remete à pureza. Profissionais de comunicação lapidam seus dons artísticos naturais para potencializar o efeito que as diversas cores produzem no ser humano e, com isso, ajudam a vender produtos, atraem clientes ou geram situações de conforto. Este blog...

ler mais

A terceirização chegando (de fato) ao varejo

Semanalmente, a equipe da D.D Consultoria dedica várias horas a identificar um tema que seja de interesse do varejo e em torno dele escrevemos a matéria do blog. Todos nós sabemos que o aumentar suas vendas, reduzir custos e melhorar a rentabilidade, seja ele do ramo varejista ou não. Historicamente, a indústria foi sempre a mais inovadora. Ela hoje aceita terceirizar partes substanciais de sua atividade fabril;...

ler mais

Rue21 – A melhor rede para adolescentes dos EUA

A Rue21 foi eleita a melhor rede de lojas de pequeno porte em 2010 pela Revista Forbes. O conceito de “pequeno porte” nos EUA é um tanto quanto elástico. A Rue21 tem 800 lojas e fatura US$ 820 Milhões por ano. Mas o ponto que nos interessa não é o porte da rede e sim sua proposta. Vender para adolescentes é um dos problemas mais complicados do varejo. Adolescentes são volúveis e voláteis. É difícil entender seu...

ler mais

Ascensão e queda das mídias sociais

Dias atrás, o mundo da publicidade foi abalado pela notícia de que a General Motors norte-americana cancelou os investimentos de US$ 10 milhões em publicidade no Facebook acusando baixo retorno da mídia em comparação com outros mecanismos de comunicação. A GM foi rápida em dizer que não estava abandonando o Facebook porque a rede ainda é um ótimo mecanismo de comunicação e suporte à marca. A GM foi a primeira a...

ler mais

Hellman´s Receita na Notinha

Cerca de 2 meses atrás, uma ação promocional da Hellman´s (marca mundial de maionese produzida pela Unilever) foi iniciada na pequena rede de 10 supermercados St Marche aqui de São Paulo. A ação é tão criativa e relativamente simples de ser executada que está sendo comentada em inúmeros blogs e sites mundo afora. A Unilever mantém um site contendo 160 de receitas culinárias, todas incluindo Hellman,s naturalmente....

ler mais

Anticafé Babochki

O mundo está sempre em busca de novos modelos comerciais para negócios já estabelecidos. E aqui está mais uma idéia inovadora. Alguém, na Russia, percebeu que as pessoas muitas vezes vão aos cafés para descansar, bater papo ou curtir o ambiente, mas não necessariamente para consumir. O que fez o empreendedor? Criou um anti-café!. No anti-café você pode consumir café, biscoitos e diversos outros produtos...

ler mais

Store in Store – uma visão modernizada

O conceito de loja-dentro-de-loja não é novo e é largamente empregado no mundo todo e também no Brasil. Tecnicamente, store-in-store é quando se cria um espaço comercial específico de terceiros dentro do nosso chão de loja, em sinergia com o nosso negócio, visando ampliar, focalizar ou aprofundar a oferta de bens e serviços para o nosso cliente. No Brasil, o conceito de store-in-store é usado, normalmente, para...

ler mais

As melhores cidades para abrir novas lojas

Sempre que a mídia analisa as melhores cidades do país para se vender, o destaque maior é com a velocidade de crescimento da região e/ou com eventuais saltos na renda per capita. Para o varejista, esses fatores são importantes mas a vida não é feita de fronteiras econômicas. Na maior parte das vezes, quando se pensa em expandir a rede de lojas, considera-se a região vizinha à nossa sede. A lógica usual é a da...

ler mais

Nutelleria

Como muitos outros produtos, a Nutella é um reflexo da pobreza em que a Europa mergulhou durante e após a II Guerra Mundial. O creme de avelã foi criado pelo Sr Pietro Ferrero (o mesmo da Ferrero Rocher) como alternativa ao chocolate, que era escasso e custava 6 vezes mais caro na época. A avelã, sendo originária do Piemonte, onde ficava a fábrica do Sr. Ferrero, estava disponível e era muito barata. O produto foi...

ler mais

Leilão de Centavos – Resgatando uma boa ideia

Os sites tipo leilão de centavos foram uma breve febre algum tempo atrás. O conceito acabou caindo em desgraça porque uma parcela desses sites era simples arapucas onde a venda jamais era concretizada. Mas como a ideia é muito boa, propõe-se aqui uma maneira de recuperá-la em proveito dos bons varejistas. O leilão de centavos é fácil de ser entendido: o varejista coloca em leilão um produto qualquer por preço de...

ler mais

Provador Virtual 3D da Tesco

Provadores virtuais foram introduzidos cerca de 2 anos atrás em sites de venda de roupas. Várias lojas brasileiras já disponibilizam esse serviço em seus sites. Uma rápida pesquisa em mecanismo de busca permite identificá-las. Entretanto, o que tinhamos até recentemente era bastante simples. Resumidamente, o sistema pede que o usuário ligue a câmera de seu computador e fique de frente a ela. Uma foto é batida (ou a...

ler mais

Cinco mercados que estão explodindo

O varejo, como um todo, vem experimentando crescimento de vendas em todos os segmentos. Mas sempre há aqueles com dinâmica bem melhor que a média (assim como há aqueles que andam pra trás). Os cinco segmentos listados abaixo indicam oportunidades de ouro para empreendedores varejistas ou para aqueles que desejam adaptar seus negócios para atendê-los melhor. Todos esses mercados vem sendo acompanhados pela D.D...

ler mais

Contato

2 + 6 =